sábado, 21 de março de 2009

Entremontes









QUADRO DE ENTREMONTES



Após nove anos vivendo em fazendas de café da região de Amparo e Pedreira(SP) desde que chegaram ao Brasil em 1886, Constante Cecchetto e seus filhos Pietro, Silvestro e Davide conseguiram erguer, por volta de 1895, um sobrado em Entremontes, aonde abriram um armazém de secos e molhados. Moravam todos juntos no andar de cima e o armazém funcionava no térreo.



Entremontes é um bairro de Pedreira/SP, localizado na zona rural; a estrada que passa por Entremontes liga a cidade de Pedreira à cidade de Amparo. Em minhas pesquisas na Internet descobri que Entremontes era muito próspero no século XIX (existia até telefone no local, o que na época era raro). Decaiu na época da crise do café, no século XX. Interessante é que Entremontes surgiu antes da cidade de Pedreira; na verdade pertencia à cidade de Amparo, tanto que a Rosa Chiquetto conseguiu documentos de nossos antepassados na Cúria de Amparo.


O quadro acima está pendurado na parede da casa de minha mãe desde que me conheço por gente; foi pintado por meu tio Carlo Marchetto, marido de minha tia Regina Chiquetto, que era neta de Pietro Cecchetto e Regina Piovesan. Ele retrata o bairro de Entremontes, mas a data é desconhecida, porque não sei se na época meu tio pintou "ao vivo" ou através de uma foto antiga. Atualmente a Igreja ainda existe.
Alguém tem mais informações sobre Entremontes? Seus pais ou avós ou bisavós lembram-se de alguma história "contada" pelos antepassados? Gostaríamos muito de conhecer mais histórias sobre a época!

5 comentários:

  1. Leandro Ribeiro dos Santos24 de novembro de 2009 15:32

    WWOOOOOOOOW

    Tem um quadro identico a essa foto na sala da casa da minha avó. Ignes Chiquetto, filha da Rosa.

    ResponderExcluir
  2. Oi Leandro! Aqui é a Fati, filha da tia Theré e prima do seu pai! Fui eu quem postei este comentário hehehe. Povavelmente o marido da tia Regina pintou vários quadros, ou então pintou o quadro copiando de uma foto antiga, então talvez todos os filhos da vó Rosa e do vô Antonio (seus bisavós) tenham uma foto ou quadro parecido! Temos aqui em casa algumas fotos antigas de outro sítio que foi da família perto dessa região, e se não me engano em uma delas aparece o tio Armando bem jovem (seu avô). Ele já era casado com a sua avó e deve ter ido passear por lá. Em breve escreverei um pouquinho sobre a vó Rosa e o Vô Antonio (seus bisavós). Há várias Rosas e Antonios na família; chega a dar uma confusão na hora de entender quem é quem.
    O Vô Antonio tinha o sobrenome Chiquetto e a Vó Rosa era Carraro. O vô nasceu no Brasil, filho do Pietro que veio da Itália. A vó Rosa era italiana e veio para o Brasil com 11 anos. Os dois se conheceram aqui em São Paulo.
    Um abraço, Fati.

    ResponderExcluir
  3. *o* Chiquetto também? Nossa, o meu sobrenome é Cechetto, e existem vários outros e que são uma família só, tipo.. Cechetto, Chiquetti, Chequetto, Chiquetto, nossa =o

    ResponderExcluir
  4. Meu nome é Paulo gostei, tenho uma fita K7 de minha vó falando desta família ela morou em eentre montes sei at´onde ficava a casa, gostaria de saber se alguem tem fotos antigas do local.

    ResponderExcluir
  5. quem tiver algum dado histórico sobre Pedreira e fazenda RIOACIMA e ENTRE MONTES por favor me passe estou buscando dados para futuro passeio feito para o desenvolvimento local com a rede publica e turismo aberto!
    cultura@solardasandorinhas.com.br e gilbertoalves@r7.com

    ResponderExcluir