sábado, 7 de março de 2009

Os descendentes de Pedro - II

Como já escrevi neste blog, Pedro Chiquetto veio casado com Regina Piovesan e também vieram dois filhos do casal: Ângelo e Valentim. Em Entremontes, perto de Pedreira (SP), nasceram os demais: Jacob, Santo, Antonio, Constante e Augusto.
Consta nos registros da Curia de Amparo que Pedro Cecchetto e Regina Piovesan batizaram seu filho Giácomo no dia 18/09/1893, o que me leva a crer que o Jacob era Giácomo para a família.
Jacob casou-se com Esperança e tiveram um filho, Oswaldo. Sobre ele, Fátima relata neste blog:
Este Oswaldo – filho de Jacob - já faleceu há alguns anos, e senti muito porque o conheci desde quando eu era criança, já que nas férias sempre íamos passar alguns dias no sítio do meu tio Oswaldo em Entremontes (aquele sítio cujo terreno situa-se exatamente no mesmo local aonde a Família de Constante Chiquetto, vinda da Itália, construiu o sobrado por volta de 1895). O sítio do Oswaldo, filho do Jacob, era encostado ao do meu tio, e bem maior, então na verdade tínhamos um espaço muito grande para passear e brincar! Lembro também que eu gostava muito de ouvir as serestas que ele tocava, na época, com seus amigos – ele tocava sanfona (ou melhor, acordeom). E, quando assisto ao programa do Rolando Boldrin na TV Cultura, parece que estou vendo o Oswaldo contando aquelas histórias... ele tinha o mesmo jeito gostoso de conversar e contar “causos” interessantes... E se não fosse pelo Oswaldo, provavelmente não saberíamos nada sobre a história de nossa família. Sua filha Paula era nossa companheira de brincadeiras pelos sítios afora; hoje ela é enfermeira, e trabalha na região (não me lembro se está trabalhando em Amparo, Pedreira ou Jaguariúna).

O filho Valentim casou-se com Helena, tiveram os filhos Ulisses e Artur. O primeiro casou-se com Carolina e seus filhos: Therezinha e Zezinho. Artur casou-se com Catarina e tiveram Heleninha.



Foto de Valentim com Helena e os filhos Ulisses e Artur

Quanto ao filho Augusto, temos dúvida se também era filho de Regina ou da segunda esposa, Carlota. Regina Piovesan morreu por volta de 1900.
Em relação ao filhos Santo e Constante, até o presente momento, não temos outras informações a acrescentar àquelas da árvore.




Foto de Constante com a esposa Albina e os filhos Regina, Antonio e Amália, tirada em Tabapuan em 31/01/1926

2 comentários:

  1. FATIMA, ESSA PESQUISA QUE VOCÊ ESTÁ REALIZANDO É MARAVILHOSA !
    QUANDO A GENTE LÊ, PARECE QUE VOLTAMOS NO TEMPO...
    BJUS PAULA.

    ResponderExcluir
  2. Pois é Paula, estou percebendo que sou saudosista demais...
    Estas fotos do Valentim e do Constante, e aquelas antigas do Vô Antonio e da fazenda Jaguari, que estão no meu orkut, eu achei junto às fotos da Vó Rosa,da Tia Lourdes e da Tia Regina, já que tudo acabou ficando aqui em casa...arte da mãe, que guardou tudinho!
    Bj,
    Fátima.

    ResponderExcluir